VIII bispo da Diocese de Petrolina

A nomeação de dom Francisco Canindé Palhano para o governo da diocese de Petrolina, sertão pernambucano, foi anunciada no dia 3 de janeiro de 2018, em missa celebrada na Igreja Catedral Sagrado Coração de Jesus, presidida pelo padre Antônio Malan de Carvalho, administrador diocesano, desde o anúncio de renúncia de dom Manoel dos Reis de Farias, no dia 12 de junho de 2017. As orações dos diocesanos foram atendidas e o VIII bispo com a Celebração Eucarística de posse, marcada para o próximo dia 3 de março, as 18 horas na Igreja Catedral Sagrada Coração de Jesus, centro de Petrolina, PE.

Dom Francisco chega em Petrolina, após um governo de 11 anos na diocese de Senhor do Bonfim, no norte do estado da Bahia. A nomeação para diocese baiana foi em 2006, iniciando o Ministério Episcopal em 26 de novembro do mesmo ano naquela diocese.

O lema de dom Francisco é baseado em 1 Corintios15,25 – “Oportet Illum Regnare”, que significa “É necessário que Ele reine”. Assim, o servo de Deus que nasceu em primeiro de fevereiro de 1949, na cidade de São José de Mipibu, RN, iniciou a vida ministerial em 1973, sendo ordenado diácono em janeiro de 1974 na cidade natal.

A missão de dom Francisco sempre foi a vocação sacerdotal, e com esse amor por Jesus Cristo não demorou muito para ser ordenado como sacerdote. No dia dois de fevereiro de 1975 no Rio Grande do Norte foi celebrada a ordenação sacerdotal com 26 anos de idade, celebrando a primeira missa dezoito dias depois na Igreja Matriz de Sant’Ana e São Joaquim de São José de Mipibu.

Dom Francisco Canindé Pallhano trilhou muitos caminhos na missão de pastor do povo de Deus, e seguiu sempre buscando o Reino em primeiro lugar, assim como o lema. E que Jesus Cristo, o Pastor Maior, que guiou seus passos, sempre com discernimento baseado na Palavra de Deus, abençoe seu caminho na nova diocese. Assim, o povo de Petrolina, aguarda o VIII bispo nomeado, feliz por receber o servo de Deus.

Neste primeiro de fevereiro todos o parabenizam pelo Aniversário Natalício, que o Grande Pai o abençoe imensamente na missão de pastorear o Povo de Deus de Petrolina.

 

Comentários estão fechados